domingo, 2 de maio de 2010

dedicado a todas as mães


minha querida mãe apesar de não poderes estar,
 ao meu lado nesse dia tão especial,
quero que saibas que és a estrela mais linda,
que existe no céu 
o amanhecer mais doce,
de todas as alvoradas
és a mais bela entre todos os pores de sol  
és tu minha mãe querida,
 que vives sempre,
presente em cada momento da minha vida
obrigada por teres nascido e de ti eu ter nascido
amo-te sempre e tu o sabes
estas no meu coração a todo o momento por cada batedela
que ele da porque tu minha mãe jamais deixastes de existir,
somente fizestes uma longa viagem que um dia também
farei parte dela e nos teus braços vou desejar abraçar-te
no teu lindo rosto beijar-te não haverá lágrimas
somente a alegria de estarmos presentes 
e vivermos juntas nesse reino sagrado de Deus 
te amo muito mamãe
tua filha com todo o meu amor
autora
Anita Sereno 

19 comentários:

Santa Cruz disse...

Minha bela flor: Que amor tua guardas da tua mãe, costumo dizer que mãe há só uma, por muito que ela nos tenha dito ou feito é e será sempre a nossa qurida mãe.
Um beijo doce:
Santa cruz

José disse...

Olá Anita,
Lindo poema para uma mãe que já não está presente, mas nunca deixa de estar no nosso coração, só quando a gente morrer também.
Anita eu não sou mãe sou pai.rrs
mas compreendi a tua mensagem,
um feliz dia para ti também junto daqueles que amas,e dos que te amam.

beijinho grande,
José.

anita sereno disse...

obrigada meu anjo sei bem que és homem mas tens uma mãe mesmo que não presente esta sempre ao teu lado é só acreditarmos e termos fé obrigada as tuas palavras me deixam comovida tudo de bom para ti e tua família beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje à partir das 18 hrs, meu blog está concorrendo mais uma votação da Copa Blog, conto com seu voto amiga.Essa votação termina dia 05/05 e, depois aguardar a semi- final.

Meu blog é:

http://anamgs.blogspot.com

O site para a votação é esse aqui:

http://dado.pag.zip.net/

Caso não consiga acessar por aqui, o link está no final do post atual meu.

Desde já fico-lhe grata.

Uma semana de muita luz.

beijooo.

Everson Russo disse...

Mães são amores interminaveis,,,indecifraveis,,,infinitos,,,mãe é vida,,é o dom da luz divina...um beijo querida e uma linda semana pra ti,,,

p.s. tem algo errado com o link do perfil que deixa nos comentarios,,,ele não direciona,,,da erro,,,depois verifica....beijos.

Meri Pellens disse...

Amiga, que bela homenagem! Felicidades a vc tbm pelo dia.
Bjos na alma, querida!

Bia Monteiro disse...

Mãe é mãe, neh...
Eu amo a minha incondicionalmente...
Não há amor maior...
Bjooo e obrigada pelo carinho
Passe por lá sempre q puder...
=)

João Moreira disse...

Minha amiga querida,
Como vês, temos o mesmo ideal, a verdade, este teu post mostra uma verdade, um sentimento, tal como minhas fotos, obrigada pela visita.
Beijo doce
Fica bem

anita sereno disse...

oi obrigada beijos bem vindo anjo

Sonhador disse...

Mãe, uma palavra que transforma nossos momentos tristes numa eterna felicidade!! Adorei,lindo.

Jorge Pimenta disse...

Mãe

Mãe:
Que desgraça na vida aconteceu,
Que ficaste insensível e gelada?
Que todo o teu perfil se endureceu
Numa linha severa e desenhada?

Como as estátuas, que são gente nossa
Cansada de palavras e ternura,
Assim tu me pareces no teu leito.
Presença cinzelada em pedra dura,
Que não tem coração dentro do peito.

Chamo aos gritos por ti — não me respondes.
Beijo-te as mãos e o rosto — sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio.

Mãe:
Abre os olhos ao menos, diz que sim!
Diz que me vês ainda, que me queres.
Que és a eterna mulher entre as mulheres.
Que nem a morte te afastou de mim!

Miguel Torga, in 'Diário IV'

Beijinho!

anita sereno disse...

nossa Jorge que denso poema quando um dia vier leia o assassinada uma historia na primeira pessoa e real beijos anjo e que não te sintas tão só

Irene disse...

Olá, Anita!!!

Há alguns dias atrás, vc fez uma visita ao meu blog....muito obrigada pela gentileza e desculpe por demorar a responder seu gentil recado. Estou passando por um período muito atarefado e, por causa da falta de tempo, fiquei sumida dos blogs por alguns dias.

Eu gostei muito da sua forma de escrever. Fez uma linda e mereçida homenagem às mães. Essas mulheres carinhosas e dedicadas mereçem todo o carinho do mundo. Sempre digo que mãe é uma ser divino. Nem sei o que seria da minha vida sem a minha mãe.

Vou me inscrever como sua seguidora. Quero conheçê-la melhor e quero ter o prazer de comentar seus textos. Infelizmente, nas proximas semanas, eu vou precisar ficar ausente dos blogs para resolver pendencias profissionais, mas, assim que eu puder, virei com frequencia e regularidade ao seu blog. Prometo!

Prazer em conheçê-la !!!
abraços !!

ONG ALERTA disse...

homenagem linda, ela pode não estar aqui mas estará sempre no seu coração, sinta, ame, e muita paz.

ONG ALERTA disse...

homenagem linda, ela pode não estar aqui mas estará sempre no seu coração, sinta, ame, e muita paz.

José Sousa disse...

Hooo!!! Que alívio! Respirei, agora de alívio, quando vi que finalmente já consegui entrar em teu canto!!! Todos os dias tentava, mas em vão! Olha, fofa; gostei muito deste teu poema dedicado ás mães. Aliás... tudo o que escreves entra na alma. Tu, tens o dom do sentimento, romantismo e poesia. Fica bem meu anjo.
Um beijo.

José disse...

Olá Anita,
Venho dizer que já consigo vir da minha casa para a tua, sem vir por atalhos.

aproveito e deixo um beijinho,
José.

José Sousa disse...

Como vez ambos somos Sagitários...
A felicidade está na mão de Deus para a querer colocar em tuas mãos e nas minhas.
Beijinho.

Bleeding_Angel disse...

Mae eh sempre mae... estando presente fisikmente ou naum, em nossos coracoes estaum sempre, kda vez mais vivas.
Lindissima homenagem e essa musik do John Lennon eh linda, excelente escolha.
Bjos anjo.