domingo, 23 de maio de 2010

OLHA-ME

22 de Maio de 2010
olha-me!!!
e diz-me o que vez.,
olha-me!!!
 não apenas a minha superfície
olha-me!!!
com a tua alma
olha-me!!!
o mais profundo de mim.,
olha-me!!!
e vê o que carrego.,
tocam-me!!!
mas não com as tuas mãos.,
toca-me!!!
com a alma que um dia me deste.,
toca-me!!!
 sente o asco e a impureza 
que um dia  deixastes em mim.,
toca-me!!!
com o sentimento.,
 que por mim já tiveste
toca-me!!!
e nele sentiras.,
a dor que tanto doí em mim.,
olha-me!!!
 e vê as marcas ., 
que na minha pele deixastes 
olha-me!!!
será que algum dia entenderas.,
o que me fizestes?
entra!!!
bem dentro de mim.,
entra e em silencio sente as,
minhas lágrimas
entra!!!
quero que navegues.,
 pela minha alma
entra!!!
e sente tudo o que sinto.,
entra!!!
bem fundo do meu corpo
e verás que em mim.,
não existes um monstro.,
igual a ti.,
sente!!!
o que um dia dei-te.,
com toda a força do meu ser.,
entra!!!
e verás que dentro de mim.,
não existe ódio ou rancor.,
por ti.,
entra !!!
e verás  que o meu coração
 transmite o mais puro amor.,
 olha-me!!!
e diz-me se não é assim 
que me vez?
olha-me!!!
e sente o que te dei com toda 
ternura quando pela primeira
vez fui tua
ENTRA!!!
 e verás ,que também sei marcar,
na minha pele a palavra
BASTA  de tanto sofrer
por quem não me merece
nem o meu respeito
por isso escrevo .,
OLHA-ME!!!
TOCA-ME!!!
ENTRA!!!
SENTE!!!
aquilo que jamais sentiste
autora
@nita sereno 




27 comentários:

*lua* disse...

Olá minha flor!
Que lindo seu coração apesar de sangrar ... mas tuas feridas vão cicatrizar e estará pronta para viver um outro amor, pois sabemos que o amor é tão grandioso que doamos sempre nosso coração por muitas vezes o puro sacrifício ... infeliz, pobre daquele que apenas sangram os corações alheios, pois os deles é impossível pois são secos!

Um beijo minha linda, fique em paz!

Santa Cruz disse...

Minha Bela e doce Flor: Mais um lindo poemas, mas um pouco sobrio da tua dor, esquece o passado e vie o Presente, segue em frente e decidida com a tua vida, deixa o passado enterrado num buraco bem fundo o que conta agora é o presente, não quero e nem posso ver-te sofrer, vai em frente que um dia serás recompensada por tudo o que tens sofrido.
Um beijinho doce no teu coração.
Santa Cruz

Everson Russo disse...

Olha me com os olhos do amor que eu tanto preciso,,,,um beijo de otima semana pra ti amiga.

Louise Oliveira disse...

Oi. Tem selinho p vc no meu blog.
Bjs! Lu

. intemporal . disse...

.

. transbordante . do amor que sendo afecto é sempre chão e ao mesmo tecto .

.

. um beijo .

.

. paulo .

.

Sandra Botelho disse...

Puxa vida que blog, maravilhoso, que poema sensivel...
Amei tudo aqui.
Bjos achocolatados

*lua* disse...

Olá minha flor!!! bom dia!

Te olhando mais uma vez ... pura transparência és!!!

Beijo rande e ótima semana !!!

ONG ALERTA disse...

Lindo e viva cada momento mágico...paz.
Beijo Lisette.

Maçao Filho [Delos] disse...

Hey, Anita!

Perdão pela demora em lhe responder. Andei um pouco afastado da net esses dias. Muita correria com o trabalho e a faculdade.

Muito obrigado pelo comentário em meu blog. Achei lindo teu texto e muito legal o teu espaço aqui. Meus parabéns por ele.

Um beijo e um ótimo dia pra ti.

Caroline. disse...

Que lindo adorei o texto, adorei o blog *-*
Beijão =*

Felina Mulher disse...

Oi Anita,
Lindo poema associado a uma bela imagem.


Beijos e bons sonhos.

*lua* disse...

Olá flor!

Um bom dia para ti e devolvo todo carinho que lança a mim com um beijo bem forte!!!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso de bom dia pra ti amiga....

José Sousa disse...

Minha querida amiga Anita... Que poema tão cheio de Amor. Fala de tudo o que a nossa alma deseija para se sentir feliz. Olha-me, Toca-me, Sente-me, Entra, Me faz sentir!!! Lndo, lindo... é tudo lindo aqui. Os poemas, a musica... tudo, dá para ficar sonhando com o que é dificil encontrar.

Um grande beijo.

José disse...

Olá Anita, que poema lindo,Vem olha para mim, que também sou gente e sinto na pele as marcas que tu deixas-te.
Tu é que és um anjo sofrido,

beijo grande,
José,

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É um sentir denso e cheio de amor.

Espero não perder contato, viu?

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Everson Russo disse...

Um super beijo carinhoso pra te desejar um lindo dia...

*lua* disse...

Oi amada!!! Bom dia!

Adoooorei do selinho, nossa ficou muito lindo para quem não sabe muito mexer com isso, mesmo que não tivesse ficado muito bom, o que importa é nossa intenção de carinho, obrigada linda!

beijos

jessica daiane disse...

Desejo que em sua vida...
Não exista cara feia,
Não exista bolso furado,
Não exista tempo apressado,
Muito menos grãos de areia.
Não exista tempo fechado,
Não exista problema dobrado,
Não exista sonho frustrado,
Muito menos amor acabado.
Não exista amigo esquecido,
Não exista negócio falido,
Não exista boato mexido,
Muito menos dinheiro sumido.
Não exista tempo nublado,
Não exista ambiente abafado,
Não exista corpo dobrado,
Muito menos bom senso abalado.
Não exista mágoa engolida,
Não exista emoção reprimida,
Não exista alma sofrida,
Muito menos felicidade perdida...
Só desejo que você seja feliz!!!

adorei o blog parabens

Alvaro Oliveira disse...

Olá minha querida amiga

Que belo poema!
Traços bens descritos do teu próprio sentir, da tua dor.

Querto agradecer-te a tua pronta visita neste meu regresso. O meu
sincero Obrigado.
Meus amigos são Anjos que me velam,
entre os quais sempre estás presente.


Beijos carinhosos para ti.

Alvaro

Daniel Costa disse...

Anita

Mudaste de visua, a poesia se não mudou de forma, neste caso mudou de cambientes. Por mim, além de gostar do poema em si, fiquei fascinado pelo ritmo imposto, que o texto revela.
Beijos
Daniel

Everson Russo disse...

Deixo te um beijo de carinho pra desejar um belo dia de poesia e paz.

A.S. disse...

Anita...

Como talvez ainda doa esse teu grito de revolta! Mas há um momento na vida que quanto mais adiamos a decisão, mais intensa é a dor...


Abraços...
AL

Jobah Gharozzi disse...

Gostei do seu recurso de repetição de palavras.
E principalmente, a forma como transformou seus convites iniciais em aversões ao sofrimento que descerve no fim do poema.
Belissimo!

Como me encontrou na rede?
hehee
Acidente ou recomendação?
De qualquer forma, passo a seguir-te...
Beijossss Anita.

Zé Carlos disse...

Anita, vc é uma menina maravilhosa..... que bom vc aparecer aqui de vez em quando.

Adoro vc.

Beijão do ZC

Anónimo disse...

La ringrazio per intiresnuyu iformatsiyu