domingo, 14 de março de 2010

VENTO GELADO

MARÇO 10-03-2010
SOPRA UM VENTO GELADO  NO MEU ROSTO,
QUE LEVA CONSIGO DELÍRIOS  MEUS
DAS NUVENS APENAS O  CÉUS ,CONTEMPLO,
UM CASTELO DE ILUSÕES 
POUCO CONSIGO VER,MAS NA MINHA ALMA ,
SINTO O VENTO SUSSURRAR ,
COM ELE CHEGAM LEMBRANÇAS DE TUDO ,
O QUE VIVI , DE TUDO O QUE TAMBÉM,
PERDI,A CADA SOPRO DESSE VENTO ,
POSSO CITAR MUITAS DAS MINHAS DORES,
MAS JÁ FIZ  PERGUNTAS AO VENTO SOBRE O ,
AMOR E A SAUDADES. É NAS ASAS DO VENTO,
QUE PRECISO DE TI AMOR SINTO UM VAZIO,
DEPRIMENTE UM APERTO DE SAUDADES ,
CONGELA-ME A ALMA 
É NA SENSAÇÃO DO MOMENTO  QUE A BRISA,
FRESCA,FAZ GRITAR MEU PEITO DE DOR,
MAS QUEM ME ESCUTA É O SILENCIO ,
NA BRISA DO VENTO ESCUTA ESSE VERSO,
QUE TE DOU ,TU ENQUANTO MEU AMOR,
FOSTES MEU SOMENTE,  EU FAREI VERSOS,
NA BRISA DO TEU VENTO FEITA DE LUA,
MAIS QUE PALAVRAS TE ESCREVO DOS,
MEUS JEITO DE SER ,NESTE MUNDO ,
DE ILUSÕES QUERO-TE JUNTO A MIM ,
NESSA  BRISA SUAVE DO VENTO TU ÉS,
TUDO PARA MIM SEM TI NÃO SOU NADA,
SÓ NÃO CONSIGO DEIXAR DE PENSAR,
EM TI
ÉS O MEU LUAR NESSA NOITE FRIA ,
COBRE-ME COM O TEU CORPO E AQUECE-ME ,
COM O TEU CALOR ABRAÇA-ME SUAVEMENTE ,
QUANDO FICAR DO TAMANHO DO TEU ABRAÇO,
VOAREI PARA DENTRO DE TI SOBRE O AMOR ,
DO AMOR NESSA NOITE DE SOLIDÃO 
QUE ESSE POEMA SIGA COM A BRISA ,
DO VENTO NUMA NOITE ESTRELADA,
E DO CÉU QUERO CONTEMPLAR UMA LUZ,
BRILHANTE MESMO QUE NÃO CAIBAM OS MEUS,
VERSOS ESTE AMOR,TÃO GRANDE ADE ACABAR ,
UMA POISIA QUE FAÇO SÓ PARA 
TI!!! TE AMO 
autora
                 Anita
                Sereno

2 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Olá Anita

Nesta minha visita a este seu belo espaço e
depois de ter lido suas postagens, lhe deixo
o meu parecer sobre tudo quanto li.
Seus poemas são maravilhosos: plenos de
sentimento profundo, intensos, sensiveis,
com ternura e amor. Perante isto, apenas posso
dizer que me vejo ante um talento na poesia.
A amiga Anita, tem a poesia na alma, sentimento
no coração e nas mãos o dom de escrita.

Beijos

Alvaro

M.Gomes-Santa Cruz disse...

Ola Anita
Afinal não sou só eu que elogio os teus poemas há mais pessoas que gostam daquilo que escreves, como eu ja tinha dito escreves com ternura alma e coração e no meio disto tudo ainda acrescentas o teu amor aquilo que fazes.
um beijo linda flor