terça-feira, 6 de abril de 2010

JÁ NÃO TENHO ESPERANÇA

Abril-05-2010
NO VAZIO DA NOITE,
NO SILENCIO DAS TREVAS,
ONDE DORMIRA QUEM EU QUERO?
APENAS O VAZIO ,ESTOU PRECISANDO,
FUGIR DE MIM MESMA,
ESTA NOITE  A TRISTEZA APODEROU-SE,
DE MIM
ASSIM COMO O MEU CORAÇÃO ,
PORQUE ME É PROIBIDO O AMOR?
NOITE LONGA A MINHA NUM SILENCIO,
SOMBRIO COMO LIDAR COM ESSA AUSÊNCIA,
COM QUEM SE DEITARA QUEM EU ESPERO?
COM QUEM SE AQUECERA,NESSA NOITE,
TÃO FRIA?
QUEM ELE BEIJARA NESSE MOMENTO,
QUANTA ANGUSTIA SENHOR SINTO-ME ,
PERDIDA É UMA DOR QUE SANGRA POR,
DENTRO QUE NÃO SE EXPLICA QUE FAÇO,
COMO POSSO COMBATER TANTO SILENCIO?
QUERO DESCOBRIR O TEMPO DE PARAR,
DE PENSAR EM TI!!!
ESTOU PRECISANDO FUGIR DE MIM MESMA,
E DESPERTAR DESSES PENSAMENTOS
AS HORAS PASSAM E NÃO,TE VEJO CHEGAR,
QUANTA ANGUSTIA NÃO AGUENTO MAIS ,
ESTOU A SOFRER DEMAIS.. 
E NÃO MERECES O MEU SOFRIMENTO,
É LOUCURA SENTIR O QUE SINTO,
ESTAS A SER A MAIOR DECEPÇÃO ,
DA MINHA VIDA
OS MEUS OLHOS SENTEM-SE CANSADOS,
INCHADOS DE TANTO CHORAR ,
TENTO ENTENDER O POR QUE DE TUDO,
ISSO...
OU SE MEREÇO?
NUNCA PASSEI TAMANHA DESILUSÃO,
O QUE É FEITO DO TEU ,AMOR POR MIM,
TANTAS PROMESSAS ,POR CUMPRIR
SE PUDESSE TIRARIA DE MIM ESSE ,
SENTIMENTO, ESSA SOLIDÃO,
TU ES A MINHA DECEPÇÃO,UMA GRANDE,
 DESILUSÃO,
NO FUNDO SOU APENAS UM VAZIO
autora
Anita sereno 



7 comentários:

Everson Russo disse...

Muitas e muitas vezes o vazio da noite tambem me dá essa falta de esperança, essa certeza de que o amor não mais vai voltar, a lua não mais conversa comigo, as estrelas brilham diferente, vamos seguindo e esperando que tudo mude um dia,,,talvez, a gente mesmo precise acreditar mais na gente....beijos de otimo dia pra ti amiga.

BEIJAFLOR disse...

Esse amor chegará amiga, não te precipites ...
adorei o poema e queria dizer-te que estou registado num site que se chama"luso-poemas" onde tenho postado alguns dos meus poemas e tenho conhecido poetas e poetisas de grande valor que são membros do site .inscreve-te e depois logo vês como é .
quanto ao selinho desculpa mas não encontrei nada .. será que não procurei no sitio certo ???
Um beijo e um miminho te deixo aqui, no teu cantinho .

VASCULHA-ME

Vasculhas-me na rua inquieta,
Intento olhar interessado,
Melodia desafinada, incerta,
Trespassando a porta aberta,
Que escancarei no passado!

De par em par as portadas.
Esguio olhar, despedida,
Janelas negras, cerradas,
São aves em debandadas,
Numa gaiola esquecida.

Vasculhas-me na rua a medo,
Espreitando atrás do muro,
Numa nesga de degredo,
Envolta em desassossego,
Invocando algum futuro.

Vasculhas-me, sempre aqui estive,
Onde o passado parou.
Sonho dogmático, livre
Vida que dei e não tive
Sonho que nunca vingou.

Regensburg
25-11-09
Beija-flor

Santa Cruz disse...

Ó minha linda flor,Não desesperes esse amor um dia ha-de chegar, sabes gosto de ler tudo o que escreves, mas as vezes deixas-me bastante triste porque o que eu mais adorava era ver as minhas flores alegres e de sorriso nos lábios porque é assim que fico feliz, te peço desculpa, mas o teu poema a lindo, mas com uma profunda tristeza a qual me deixa triste também.
Um beijo linda flor
Santa Cruz

José disse...

Olá Anita, vim agradecer a sua visita ao meu cantinho, e também as palavras bonitas que lá deixou,pois saiba que é o numero 150 seguidores não tem prémio, mas tem o meu carinho, esta é uma meta que eu nunca pensei atingir.
Também gostei muito da sua poesia, embora esta seja um pouco triste, mas a vida e feita de alegrias e de tristezas, era bom que fosse só de alegrias.

um beijinho,
José.

Chica disse...

És muito inspirada e escreves tri bem!beijos,tudo de bom,chica

anita sereno disse...

obrigada pelas tuas palavras
nem sempre a vida nos preposiciona
a felicidade eterna mas é a vida... beijos obrigada anjo

Alvaro Oliveira disse...

Anita, minha amiga.

Porquê perder a esperança, sendo ela a última coisa que morre.
Porquê a entrega a essa dor, a
esse sofrimento?
Olha a vida de frente minha amiga,
sempre chegará um momento em que a
felicidade nos bate à porta. Mas é
neceswsário estarmos preparados para aceitá-la.
Vá lá minha querida amiga, um sorriso, um olhaqr no horizonte,
uma esperançae o abraçar a vida.

Beijos

Alvaro