quinta-feira, 15 de abril de 2010

SÓ RESTA O DESPREZO

Quinta Feira 15 -04-2010
AS VEZES QUERO DESETIR, DEIXAR TUDO,
ACHO QUE JÁ NÃO CONSIGO, PRECISO ME,
QUESTIONAR DOS MEUS MEDOS DA MINHA DOR,
QUANTAS VEZES AFIRMEI,A MINHA GARRA?
MAS ...,SOU DE CARNE E OSSO, E NÃO DE FERRO,
JÁ TENTEI CONGELAR AS MINHAS DORES,
AS MINHAS EMOÇÕES
APRISIONAR O QUE EM TEMPOS,JÁ FOI TERNURA,
HOJE ESTOU A COLHER, O QUE PLANTEI, 
PRECISO CAMINHAR, FIRME E CORRECTA ,
PARA ME PREVENIR MELHOR, SERÁ QUE CONSIGO,
 TUDO NUM INSTANTE? 
 ALCANÇAR OS  MEUS OBJECTIVO, E SEGUIR,
EM FRENTE?
SINTO QUE ESTOU SUJEITA A TUDO,
CANSEI DA VIOLÊNCIA, VERBAL CANSEI DO DESPREZO,
SINTO-ME UM FARRAPO, NAS MAIS VARIADAS FORMAS,
QUANTO A MINHA, FRAGILIDADE MULHER,
DEPARO-ME COM UM MEDO CONSTANTE,
E ABANDONO A ESPERANÇA DE UM SONHO,
E DAS LEMBRANÇAS QUE ME FAZEM DOER
FORAM MENTIRAS, QUE JAMAIS., TE PERDOAREI,
DA TRISTEZA QUE NUNCA LAMENTEI,E EM SILENCIO,
VOU  SOFRENDO...
QUERIA UMA SOLUÇÃO PARA OS MEUS MEDOS,
MAS, AINDA NÃO ENCONTREI ESSE CAMINHO,
TRAÇADO,QUE NUNCA ESCOLHI 
TENHO MEDO DE MIM MESMA, DE NÃO AGUENTAR,
O AMANHA,TUDO DEPENDERA, DAS MINHAS FORÇAS
DAS INCERTEZAS TORNANDO-ME, UMA INCÓGNITA,
DA VIDA  FUTURA...
E ENTRE TANTOS OUTROS MEDOS,TENTO SOBREVIVER,
 O DIA A DIA,PORQUE DIANTE DE TI NÃO SOU NADA,
SOU TRISTE SILENCIOSA E DESPREZADA...
CHORO MAS NADA RESOLVO SEI ,QUE ALGURES NO CÉU,
UMA ONDA POSITIVA  FAZ-ME  AGUENTAR,
POR TI SEMPRE FUI INCOMPREENDIDA
CHORO PELO MAL QUE ME FAZES, ONDE ESTA,
 O AMOR QUE ME PROMETESTE? OS SONHOS,
CONJUNTOS?A VIDA RISONHA?
SERÁ QUE O  MEREÇO, O QUE ME FAZES ,
ONDE FALHEI?
 PARA MERECER TANTO DESPREZO!!!! 
 MEUS SONHOS SÃO PESADELOS O MEU SORRIR,
SÓ VIRAM LÁGRIMAS, DA CONFIANÇA.
 VIROU TRAIÇÃO, VIVO NO MEDO DO TEU ROSTO,
JÁ NEM SEI SE VEREI O MAR OU A ESCURIDÃO,
O CÉU OU O INFERNO,A VIDA OU A MORTE,
SÓ SEI QUE ENCONTRO EM CADA PASSO,
 O MEDO QUE ME FAZ TEMER DE MIM
MESMA

14 comentários:

Santa Cruz disse...

Ó bela flor, para que tanto medo, esquece o passado e vive o presente esperando um futuro melher, não posso ver minha bela flor nesta angustia segue teu caminho deixa para traz o passado, levanta a tua cabeça e pensa no futuro, houve as minhas palavras e segue em frente, outras flores do meu jardim assim fizeram quero que faças o mesmo, porque só esquecendo o passado a que tu minha flor voltas a ser fliz.
Sabes que eu gosto dos teus poemas, mas as vezes me deixam triste,eu só quero ver minhas lindas flores com um sorriso nos lábios, porque se elas estam felizes eu também fico feliz.
Minha bela flor vamos fazer o que te peço, recebe um beijinho doce no teu lindo coração.

Santa Cruz

Everson Russo disse...

No amor minha amiga, o desprezo muitas vezes é uma auto defesa,,,a gente de tanto ser rejeitado,,,ser esquecido, acaba desprezando alguem,,,e tenha a certeza,,,isso dói.....beijos de bom dia pra ti.

Lady disse...

Olá!!!
Esqueça o que passou, viva o presente e seja feliz.
As dores servem para nos fortalecer.
tenha uma tarde maravilhosa.
bj

Meri Pellens disse...

Amiga, desculpa a ausência. Agora percebi q não estou recebendo a atualização de seus posts. Snif... Querida, te gosto muito. Que Deus te abençoe. Namastê!

José Sousa disse...

Gosto muito de ler os seus blog's. Tem um bom cotiudo. vá até aos meus: www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
Um abração

José disse...

Olá Anita,

Tens que encontrar um caminho mais seguro, onde possas caminhar, com o passo firme rume ao feturo.

desejo uma boa noite
um beijinho,
José.

Everson Russo disse...

Deixo te um beijo carinhos pra desejar um belissimo final de semana...

Daniel Costa disse...

Anita Sereno

Estou a mergulhar fundo na tua formula de poesia. Se abstrair possíveis motivações tenho de a condiderar óptima, interessante de seguir. De qualquer modo, vou ficar com a mimha: Sempre considero a mulher como uma flor, esta deve concentrar-se no seu papel igualitário. Bela poesia à parte, entre homem e mulher, há a apenas difereças de ordem fisiológica. No entanto, homem e mulher completam-se entre si.
Beijos
Daniel

Ricardo Jared disse...

Há que se ter muita calma nesta hora...tudos os sentimentos compoe o amor, até mesmo o desprezo.Mas o que não pode acontecer é vc se menosprezar, certo?


Um beijo Linda.

Ricardo Calmon disse...

Olá Anita Sereno,obrigado por reposta tua,em comentários meus,bemvinda amiga escriba querida,post teu uma ode ao amor em overture se fez,coisas do amor e da vida passar,entre brisas e ventos!

viva la vida

bzu nessa alma poética!

Olavo disse...

Bela escrita
Viver o presente sempre.
Bom final de semana..
Bjs

anita sereno disse...

obrigada a todos pelas palavras de conforto e carinho um bem aja para todos vocês beijos

El Museo de la Luna disse...

Vou postar em Português com o Google.

Uma sugestão. Para comodidade dos leitores do blog, eu recomendo que você modificar um registro.

Dentro de seu blog, em "Settings", vá para a seção "Comentários" e nele, onde diz "formulário de feedback local", escolha a opção número dois: "Pop".

Dessa forma, os amigos que não vai deixar comentários escritos em sua página, mas verá uma janela flutuante sub-cute. Portanto, não há a andar para trás para voltar à página inicial.

Outra coisa.

Se você quiser participar do seu blog às nossas listagens, basta incluir a nossa imagem de Audrey Hepburn vermelho. Essa foto é o símbolo de pertença ao museu e nos ajuda a unir todas as pessoas juntas.

Eu enviar-lhe um grande abraço e um beijo grande e longo prazo.

José Sosa disse...

Querida Anita, tudo o que escreveste, inflizmente, eu estou a passar pelo mesmo! Sinto medo de tudo! As máguas em meu coração são tantas que só eu e Deus sabe de meu sofrimento. Não fácil, prócurar-mos algém que saiba o que é o amor, mas não, não sabe o que isso é! E depois, vivemos de discusõs tremendas de tal forma que me leva ao ponto de sentir medo de viver. Sinto um vazio tão grande que por vezes me pergunto: Até quando meu Deus?
Vivo triste e quando leio coisas como as tuas fico emocionado e com lágrimas nos olhos.
Fica bem, um beijo.